controle-de-estoque-de-um-restaurante

10 erros que você deve evitar no Controle de Estoque de um Restaurante

O controle de estoque de um restaurante é algo que deve ser CONSTANTE para apresentar os resultados esperados, mas muitos empreendedores não sabem ao certo como cuidar dessa tarefa e acabam cometendo erros que podem levar a sérios prejuízos financeiros. Muitos desses erros, por sinal, parecem “bobos” num primeiro momento, mas a longo prazo não deixam de causar problemas. Será que VOCÊ está cometendo algum deles?

Se chegou até esse artigo e sente que algo em seu controle de estoque deve ser melhorado, é por que provavelmente a respostada da pergunta acima seja SIM.

Veja abaixo os 10 erros mais comuns nesse contexto e descubra onde seu controle deve receber melhorias.

Os erros que devem ser evitados no controle de estoque de um restaurante

  1. NÃO DAR ATENÇÃO AO INVENTÁRIO

Essa é uma atividade necessária em qualquer tipo de empresa que lide com estoque, e com seu restaurante não seria diferente. Não se trata de algo que precise ser feito necessariamente todos os dias, mas deixar o inventário de lado e não aplicá-lo de forma regular com certeza é um erro.

  1. NÃO TER O ESPAÇO ADEQUADO PARA ARMAZENAR AS COMPRAS

Um espaço pequeno demais causa o seguinte problema no controle de estoque de um restaurante: os insumos ficam extremamente apertados, o que dificulta o manuseio, e/ou são misturados uns com os outros, o que está longe de ser uma prática aceitável.

Nos piores cenários, há ainda distribuição dos mesmos por outros espaços do restaurante, como escritório.

  1. USAR AS FERRAMENTAS ERRADAS NO CONTROLE

E por ferramentas erradas queremos nos referir à boa e velha dupla “caderno e caneta”, entre outros itens considerados obsoletos. Cuidar do controle de estoque de um restaurante manualmente é um ato que abre as portas para vários erros, então evite!

  1. NÃO CLASSIFICAR OS PRODUTOS COMPRADOS

Quem não dá a devida importância à classificação dos insumos simplesmente não consegue ter um controle completo do estoque, pois é ela que permite saber, por exemplo, a preferência dos clientes dentro de cada categoria.

  1. ADQUIRIR MUITOS INSUMOS QUE NÃO POSSUEM SAÍDA

Itens sem grande saída, quando adquiridos em excesso, ficam estocados por MUITO mais tempo, com a grande chance de estragarem. Logo, representam nada mais do que PREJUÍZO.

  1. TRABALHAR O ESTOQUE COMO UMA ÁREA ISOLADA

Quem fica responsável pelas compras e gestão ligadas ao estoque do seu restaurante? Essas compras são feitas pelo mesmo setor que cuida da compra de equipamentos e produtos de higiene? Se não, deveria!

O estoque não deve ser uma área isolada, mas sim conversar diretamente com o setor de compras, estando esses unidos em uma única gestão.

  1. COMPRAR EM MENOR QUANTIDADE OS INSUMOS MAIS IMPORTANTES

Se comprar demais os itens que possuem pouca saída é um erro no controle de estoque de um restaurante, comprar em menor quantidade os insumos mais utilizados não é diferente. Afinal, eles precisam ser adquiridos de modo a suprir a demanda diária de pedidos ligados a eles.

  1. NÃO CONFERIR AS ENTREGAS

Outro grande erro cometido por donos de restaurante nesse contexto é não conferir as entregas adequadamente. A checagem de nota fiscal, fazendo a comparação com o que foi realmente recebido, é uma das atividades que não raramente ficam de lado.

  1. NÃO REGISTRAR ENTRADAS E SAÍDAS CORRETAMENTE

E se as entregas não são checadas como deveriam, o registro desses insumos também acaba sendo feito de forma incorreta, bem como o registro das saídas. Aliás, fica a pergunta: como que você cuida dessa tarefa? Cada item que sai do seu estoque é registrado ou acaba caindo no esquecimento?

  1. NÃO CONTROLAR A VALIDADE

Entre os maiores erros que você deve evitar no controle de estoque de um restaurante para não PERDER mercadoria está também o controle incorreto da validade. Há quem compre itens que estão perto de vencer por estarem com ótimo preço e por fim não os utiliza, e há quem ignora a regra de colocar os que estão com vencimento distante para serem usados depois, dando preferência para os que estão com prazo de vencimento próximo.

Nos dois casos, mais uma vez, o resultado negativo será notado em seus números.

Além desses 10 erros, há outros que talvez estejam no seu dia a dia, ou que você já deve ter notado em algum concorrente, como não higienizar corretamente a área do estoque e escolher fornecedores pelo preço, e não pela qualidade que entregam.

Deixando esses erros de lado…

Agora que você já conhece os erros voltados para controle de estoque, provavelmente deve ter identificado algum que seja frequente em seu estabelecimento e esteja se perguntando: como resolver?

Bem, existem muitas dicas que podemos te dar… Entre elas estão:

Isso quer dizer, basicamente, que você precisa conhecer quais são os itens que sua casa mais vende e quais são aqueles com menor saída, pois dessa forma saberá quais insumos merecem maior atenção na hora da compra e quais não precisam ser comprados com tanta frequência.

Quer dizer também que é preciso ter uma padronização em suas produções, sabendo exatamente quanto de cada insumo vai em suas receitas. Além de ajudar sua equipe, essa prática evita que um determinado prato ou drink leve mais ou menos ingredientes do que deveria, o que sem dúvidas influencia seu estoque.

E, por fim, quer dizer ainda que deve haver um controle eficaz de TUDO que entra e sai do seu estoque, com as devidas classificações de insumos. Acredite: fazer isso de forma manual não é fácil, por isso indicamos o uso de planilhas automatizadas, como as que compõem o Treinamento Estoque 360º.

Ao adquirir o treinamento, além de ter acesso a essas planilhas, você também aprenderá a gerir melhor suas compras, a criar sua Curva ABC, utilizar a Ficha Técnica e finalmente controlar o estoque do seu restaurante da forma CORRETA!

Quer saber mais? Clique no link acima ou no banner abaixo. Se tiver qualquer dúvida, entre em contato para uma conversa com a nossa equipe.

banner-estoque-360

Avalie esse post

error: Conteúdo Protegido!