coisas-que-o-cliente-percebe-assim-que-entra-em-um-restaurante

10 Coisas que o cliente percebe assim que entra em um Restaurante

Quando entramos em um lugar, seja pela primeira vez ou não, é comum repararmos em inúmeros detalhes. Justamente por isso é comum também que existam coisas que o cliente percebe assim que entra em um restaurante, e você como dono ou futuro dono de um deve saber quais são, a fim de melhorá-las se for preciso e, assim, garantir que todos se sintam a vontade em seu estabelecimento.

Pensando nisso, separamos nesse artigo as 10 coisas que mais chamam a atenção de cada cliente no momento da chegada. Leia com calma e, se identificar que um desses pontos precisa ser melhorado no seu negócio, dê o primeiro passo o quanto antes.

Coisas que o cliente percebe assim que entra em um restaurante

  1. A FORMA COMO É RECEBIDO

É claro que essa é um das coisas que o cliente percebe assim que entra em um restaurante, afinal a forma como é recebido será seu primeiro contato real com o estabelecimento e poderá determinar se a experiência como um todo será boa ou não.

É imprescindível que sua equipe saiba receber bem, sempre com um sorriso no rosto e mostrando ao cliente que ele tem com quem contar para ter uma refeição memorável.

  1. A ÁREA DE ESPERA NA QUAL DEVE AGUARDAR PELA LIBERAÇÃO DA MESA

E, se o assunto é recepção, não há como não falar da área de espera, na qual o cliente também repara, e MUITO.

Seu restaurante possui uma? Se sim, ela é confortável o bastante, a ponto de o cliente não se importar caso sua mesa demore a ser liberada? E o que é oferecido nesse meio tempo? Simplesmente deixar os clientes ali, sem oferecer algo para beber ou comer, não é uma boa ideia caso você queira que seu restaurante seja bem visto.

  1. A DECORAÇÃO DO RESTAURANTE

A decoração de um restaurante é um dos fatores determinantes para que ele se torne único para as pessoas, e claro que os clientes não iriam deixar de reparar nela.

Aliás: eles reparam na FALTA dela também, sabia? As cores e os elementos gerais utilizados ajudam a traduzir a mensagem que você deseja passar, então capriche nesse detalhe (mas entenda que “caprichar” não significa necessariamente fazer algo complexo).

  1. A LIMPEZA DOS BANHEIROS

Quem nunca reparou em banheiros, seja em estabelecimentos diversos ou não, que atire a primeira pedra!

Esse é um dos ambientes que mais exigem higiene dentro do seu negócio, e basta que não esteja limpo como deveria para que seu cliente não queira mais voltar. Afinal, se ele encontra o banheiro sujo, certamente vai acreditar que na cozinha o cuidado com a higienização também não é como esperado.

  1. OS CHEIROS DO RESTAURANTE

E nesse ponto, vale a pena falar novamente do banheiro: se ele está com cheiro forte, principalmente de sujeira, não causará uma boa impressão.

Assim que entra em um restaurante, porém, o cliente poderá sentir outros cheiros, como os vindos da cozinha. Nesse caso, é fundamental que o cheiro da comida gere a vontade imediata de compra, e não algum tipo de mal estar.

  1. ILUMINAÇÃO

Seu restaurante é bem iluminado? Acredite se quiser, mas muitos NÃO são, o que é um erro enorme.

A iluminação também é um elemento chave para deixar os clientes a vontade, por isso deve ser bem pensada, não basta somente espalhar lâmpadas pelo teto. Aliás: certifique-se de que a luz esteja direcionada a iluminar a mesa e a comida, e não colocada diretamente sobre o cliente.

  1. A LIMPEZA DOS VIDROS E DAS PRATARIAS

Outras das coisas que o cliente percebe assim que entra em um restaurante é se os vidros e as pratarias estão devidamente limpos.

Ou seja: se copos e talheres não estão com marcas ou sujeira. Caso estejam, tenha certeza que grandes são as chances de perder o cliente na mesma hora.

  1. A LIMPEZA GERAL DO RESTAURANTE

Aliás, a questão da limpeza e da higiene vale para o restaurante como um todo: o cliente irá perceber se as mesas não estiverem limpas, se houver resto de comida ou sujeira no chão ou poeira em algum lugar…

Lembrando, mais uma vez: se o cliente identificar a sujeira, será difícil convencê-lo de que sua cozinha NÃO é igualmente suja.

  1. A FORMA COMO SÃO FEITOS OS AVISOS

Em outras palavras: os clientes irão reparar no quão profissional seu restaurante é nesse assunto, se cria os avisos da forma mais simples ou se tem um cuidado para passar uma boa imagem até mesmo nesse detalhe.

Sendo assim, sempre que tiver que comunicar algo, evite simplesmente escrever em um papel e colar. Preze por digitar o aviso e imprimi-lo, pois essa iniciativa passa uma imagem muito melhor.

  1. O SOM

Por fim, o que o cliente escuta quando entra no seu restaurante? Uma música ambiente adequada ao local, em um volume aceitável que não atrapalhe, ou algo mais alto e incômodo?

Seja em relação ao som ambiente ou às atrações musicais que contratar para o seu restaurante, sempre se certifique de que tudo estará agradável ao ouvido do cliente.

E então, quais dessas coisas que o cliente percebe assim que entra em um restaurante precisam ser melhoradas em seu estabelecimento?

E não se esqueça de outro ponto fundamental que chama a atenção: o tempo de preparo dos pratos e drinks e a forma como são apresentados. Você se atenta a esses detalhes? Existe PADRONIZAÇÃO em sua cozinha, envolvendo desde a quantidade de ingredientes de cada prato/drink até o tempo que deve ser utilizado no preparo e como a apresentação deve ser?

Se não, você precisa começar a utilizar a Ficha Técnica o quanto antes, pois é essa ferramenta que te ajudará a mudar esse cenário. Para entender tudo sobre ela e obter um modelo para ser utilizado em seu restaurante, conheça o Treinamento Cardápio Vendedor, com o qual também irá aprender a precificar tudo que vende da forma CORRETA.

Clique no link acima ou no banner abaixo para saber mais, e se ficar com QUALQUER dúvida, entre em contato para conversar com a nossa equipe.

criar-o-cardapio-do-seu-restaurante-do-zero

Avalie esse post

error: Conteúdo Protegido!